Contagem regressiva para Mark Zuckerberg

Contagem regressiva para Mark Zuckerberg

O WhatsApp está sob ataque.

O tempo está se esgotando para Mark Zuckerberg reverter a decisão de mudar a política de privacidade do WhatsApp e delegar a todos os usuários o poder de proteger os próprios dados pessoais.

Mark Zuckerberg fez uma promessa.

Em 2014, quando o Facebook comprou o WhatsApp, Zuckerberg afirmou: “Não pretendemos mudar de forma alguma os planos em relação ao WhatsApp e a maneira como ele usa os dados dos usuários. O WhatsApp continuará autônomo e operando de forma independente.”

Mark Zuckerberg quebrou essa promessa.

Em uma atualização dos termos e condições do WhatsApp em 2016, o Facebook apoderou-se do acesso a uma grande variedade de dados pessoais dos usuários.

Agora, o Facebook quer dominar ainda mais.

A nova política de privacidade, que entrará em vigor em 15 de maio, dará ao Facebook ainda mais poder para lucrar com as mensagens do WhatsApp.

Nós, cidadãos, ativistas, legisladores e usuários do WhatsApp em todo o mundo, estamos nos organizando para recuperar nossa privacidade, rejeitar a nova política e levantar nossa voz para dizer:

Pare o Facebook. Salve o WhatsApp.